Poilítica de Emprestimo

 

POLÍTICA DE EMPRÉSTIMO

1. OBJETIVO
É de atender, o maior número de Cooperados, em suas diversas necessidades,

de acordo com os recursos disponíveis da Assessoria Delta e a capacidade de crédito

de cada um. 

2. COMPROMETIMENTO NO VALOR DA PARCELA
O valor da(s) parcela(s) do financiamento(s) poderá (ão) comprometer

no máximo  até 30% do salário líquido. 

3. VALOR DE FINANCIAMENTO  
O limite de financiamento autorizado por Cooperado, será de

acordo com o valor apurado na tabela própria de financiamento.
 Também será analisado as disponibilidades de  recurso da

 Assessoria Delta, e o valor do capital  integralizado.

4. CARGO DE CONFIANÇA  
Será sempre exigido um avalista, e também analisado o prazo a ser

autorizado do financiamento. 

5. CELETISTA POR PRAZO INDETERMINADO 
O valor do financiamento será até 3 vezes o  salário liquido, e  exigido um

aval que preferencialmente  seja estatutário, e o número de parcelas não

poderá ser superior a 12 meses. 

6. ESTATUTARIO COM CONTAS NOVAS
O valor do financiamento será até 3 vezes o  salário liquido, e  exigido um

aval que seja de preferência estatutário, e no máximo em 12 vezes. 
Após o primeiro ano de conta ativa, o financiamento poderá ser ampliado

em até 36 meses, com avalista.
Após o segundo ano poderá ser ampliado em até 48 meses com avalista.
Após três anos poderá ser ampliado em até 72 meses sem necessidade de avalista.
Obs. Essas  regras não se aplicam para cargos de confiança que tem

uma analise a parte.

7. SEGURO PRESTAMISTA PARA APOSENTADO E PENSIONISTAS
Quando o Cooperado Aposentado ou Pensionista, não enquadrar no seguro

prestamista de empréstimo, por problema de saúde ou idade, deverá ser solicitada

autorização para integralização mensal de capital, até o vencimento do contrato,

na porcentagem entre 2 a 5% do salário, constituindo assim uma  garantia

adicional, além da exigência de um avalista.
Obs: Neste caso o prazo máximo para financiamento de Pensionista será

de até 36 meses.

8. SEGURO PRESTAMITA PARA DEMAIS COOPERADOS 
Quando o cooperado não enquadrar no seguro prestamista de empréstimo por,

motivo de saúde ou idade, deverá ser solicitada, autorização para  integralização

  mensal de capital, até  o vencimento do contrato,  na porcentagem entre

  2 à 5% do salário, constituindo assim uma garantia adicional alem

de exigência de um avalista.
Obs. Neste caso o prazo máximo para financiamento será de até 36 meses.

9. TAXAS E PRAZOS:
1. Credito Pessoal Parcelado - Pré Fixado Prazo: Até 06 meses....   0,83%   a.m.
2. Crédito Pessoal Parcelado - Pré Fixado Prazo: de 07 à 12 meses....   0,99%  a.m. 
3. Crédito Pessoal Parcelado - Pré Fixado Prazo: 13 à 24 meses.... 1,20%  a.m 
4. Crédito Pessoal Parcelado - Pré Fixado Prazo: de 25 à 48 meses...   1.40%  a.m. 
5. Crédito Pessoal Parcelado - Pré Fixado Prazo: de 49 à 60 meses...   1,50%  a.m. 
6. Crédito Pessoal Parcelado - Pré Fixado Prazo: de 61 à 72 meses...  1,60%   a.m 
7. Antecipação de I.R. - Prazo até 7 meses.........    2,30%   a.m.

10. REFINANCIAMENTO DE EMPRÉSTIMO.
O refinanciamento do empréstimo está condicionado ao prazo pactuado

conforme abaixo:
Até 24 meses, refinanciamento após o pagamento da  6ª. Parcela.
De 25 à 48 meses, refinanciamento após o pagamento da 12ª. Parcela. 
De 49 à 72 meses, refinanciamento após o pagamento da 15ª. Parcela.

11. CARÊNCIA PARA FINANCIAMENTOS DE IMPOSTO DE RENDA 
Carência de até 210 dias, com renovação autorizada se necessário.

12. CARÊNCIA PARA FINANCIAMENTO PARCELADO 
Carência para pagamento da primeira parcela: máximo até 45 dias, da data da

liberação do financiamento. 

13. FINANCIAMENTOS ESPECIAIS
Os financiamentos nomeados como especiais, serão autorizados independente

dos Cooperados já possuírem  empréstimos  em até 72 meses, sendo:
a)- Antecipação de Restituição de Imposto Renda;
c)- Adiantamento de Cheque férias;
d)- IPVA; (que deverá ocorrer no máximo até o final do mês de março de cada ano).
e)- ,Adiantamento de 13º Salário. 

14. VARIAÇÃO DE TAXAS
As taxas poderão sofrer, alterações a qualquer momento, uma vez que torne de

conhecimento dos cooperados através de comunicado. 

15. COBRANÇA 
Pré Fixada -  Débito em conta corrente , no dia do pagamento do Cooperado.

16. LIQUIDAÇÃO DE FINANCIAMENTO ANTECIPADO / GARANTIA DE EMPRÉSTIMOS.
a)- DESCAPITALIZAÇÃO DOS JUROS: Os financiamentos que forem  liquidados antes  do]

seu  vencimento final  por quitação normal ou

refinanciamento,  será

aplicado um

percentual de   descapitalização dos juros das parcelas a vencer.

b)- REFINANCIAMENTO / CRÉDITO DE GARANTIA DE EMPRÉSTIMOS:  
No refinanciamento o Cooperado poderá usufruir de

crédito proporcional

da Garantia de

Empréstimo  das parcelas a vencer do financiamento liquidado,

para o novo financiamento. 
Só haverá  a cobrança proporcional  de nova

 Garantia de Empréstimo,  quando o calculo

do novo pedido  for maior que o crédito concedido. 

c)- LIQUIDAÇÃO SEM REFINANCIAMENTO
No caso de liquidação total do financiamento sem o

refinanciamento,  será concedido um

 credito em conta corrente  proporcional do valor

pago da Garantia de Financiamento,

 das parcelas a vencerem.

d)- LIQUIDAÇÃO DE PARCELAS ATÉ O VENCIMENTO FINAL :  
O Cooperado que liquidar até a ultima parcela de empréstimo,

ao solicitar um novo pedido

de financiamento até o montante e prazo do anterior

liquidado, fica desobrigado a

aderir ao pagamento da Garantia de Empréstimo.

 Neste caso ele não terá a

cobertura da Garantia de Empréstimo em caso de morte.

 


Contato

Dibens Bank

Alameda Rio Negro, nº 433, 7º andar,
Barueri


11-2772-8676